Categoria: Filmes

10 jan 2017 CinemaCríticaFilmes

Filme: Rogue One – Uma história Star Wars

Filme: Rogue One - Uma história Star Wars - http://desneurando.com.br

Nota: 4.5 Stars (4,5 / 5)
Título Original: Rogue One: A Star Wars Story
Direção: Gareth Edwards
Estrelando: Felicity Jones, Diego Luna, Ben Mendelsohn
Gênero: Aventura, Ficção científica, Ação
Classificação: M / 12 anos
Outros dados: USA, 2016, Cores, 2h14min
Sinopse: Ainda criança, Jyn Erso (Felicity Jones) foi afastada de seu pai, Galen (Mads Mikkelsen), devido à exigência do diretor Krennic (Ben Mendelsohn) que ele trabalhasse na construção da arma mais poderosa do Império, a Estrela da Morte. Criada por Saw Gerrera (Forest Whitaker), ela teve que aprender a sobreviver por conta própria ao completar 16 anos. Já adulta, Jyn é resgatada da prisão pela Aliança Rebelde, que deseja ter acesso a uma mensagem enviada por seu pai a Gerrera. Com a promessa de liberdade ao término da missão, ela aceita trabalhar ao lado do capitão Cassian Andor (Diego Luna) e do robô K-2SO.

Disney sempre será Disney, né? Quando ela comprou toda franquia do Star Wars da Lucasfilm e anunciaram que iriam lançar um filme Star Wars por ano eu fiquei um pouco preocupada, mas depois entendi. Eles sabem cuidar de uma marca como ninguém e esse filme é prova disso. Eu tentei ao máximo não ficar vendo vídeos sobre o assunto, sobre como seria o roteiro, imagens oficais e afins. Eu tenho percebido que os grandes estúdios e os grandes sites e canais especializados em filmes estão soltando tantos spoilers, tantas imagens e trechos oficiais que quando o filme finalmente chega você já cansou do mesmo conteúdo e ele nunca irá atingir as suas expectativas, até porque ela ficou altíssima por meses e você foi descobrindo segredos que poderiam te dar uma experiência bem melhor se você fosse diretamente ver o filme sem saber de nada. Pensando dessa forma, fui assistir Rogue One sem nem saber direito do que se tratava, apenas de que era um prequel da franquia mais famosa.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

09 jan 2017 FilmesTag

Desafio dos 100 filmes

Imagem: College Link

Imagem: College Link

Que comecem as loucuras de 2017! rs Eu tenho muitas novidades para colocar no blog, mas obviamente não irei deixar de postar sobre o assunto que mais amo: filmes! Esse ano quero fazer essa Tag Desafio dos 100 filmes, criada pela página do facebook com o mesmo nome. Para estrear a tag, resolvi deixar o primeiro post apenas com a lista completa do desafio para quem quiser participar também. Durante o ano eu vou fazendo aos pouquinhos, mas prometo que até dezembro eu termino!

Eu sou apaixonada por filmes e séries e há mais ou menos 3 anos comecei a me aprofundar mais: ler e assistir mais críticas, me aprofundar nos roteiros, entender toda a estrutura, como funcionam os castings, seguir as premiações e muito mais. Quando eu estava na faculdade, antes de fazer Design Gráfico eu fiz um semestre de Produção Editorial e nele tinha uma aula de Estrutura de Roteiro. Eu estudei profundamente roteiros de cinema, criei alguns roteiros e assisti muitos filmes de uma forma mais analítica (teve uma aula que estudamos toda a estrutura de Pulp Fiction). Então quero deixar a lista de uma forma mais profunda e não apenas com aqueles filmes conhecidos de sempre.

01. Um filme que lembre a sua infância
02. Um filme que marcou a sua adolescência
03. Um filme que passe na Sessão da Tarde e que você adora
04. Um filme que você considera um clássico
05. O melhor filme de seu diretor favorito
06. Um filme de vampiro
07. Um filme que você gostaria de ter assistido no cinema e não viu
08. Um filme ruim de um diretor bom
09. Um filme de baixo orçamento que você tenha gostado
10. Um filme com uma ótima música-tema
11. Algum filme que te traga boas lembranças
12. Um filme que você dormiu antes de terminar
13. Algum filme que você nunca conseguiu assistir inteiro
14. Um filme que tenha sido baseado em um livro
15. Um filme que tenha participação de algum famoso que não seja ator
16. Um filme que utilizou de cenas reais
17. Um que ganhou o Oscar merecidamente
18. Um filme que você nunca assistiria de novo
19. O melhor documentário
20. Um filme que possui uma excelente trilha sonora
21. Algum filme que te faça rir
22. Um filme bom com um final péssimo
23. Um filme que você gostou mas tem vergonha de falar
24. Um filme que te dá medo.
25. Um curta-metragem
26. Um filme que lembra a sua família
27. Um péssimo filme
28. Um excelente musical
29. Filme baseado em um jogo
30. Um filme que você não entendeu ou teve dificuldade de entender

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

28 dez 2016 CinemaCríticaFilmes

Filme: Animais fantásticos e onde habitam

Filme: Animais fantásticos e onde habitam - http://desneurando.com.br

Nota: 4.0 Stars (4,0 / 5)
Título Original: Fantastic Beasts and Where to Find Them
Direção: David Yates
Estrelando: Eddie Redmayne, Katherine Waterston, Dan Fogler
Gênero: Fantasia, Aventura
Classificação: M / 12 anos
Outros dados: USA, 2016, Cores, 2h13min.
Sinopse: O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova York levando com muito zelo sua preciosa maleta, um objeto mágico onde ele carrega fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-americana, que teme muito mais a exposição aos trouxas do que seus colegas ingleses, Newt precisará usar todas suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam fugindo.

Esse não era um filme que eu esperava assistir no cinema. Eu cresci assistindo Harry Potter, porém nunca li os livros. Sim, eu sei que os livros são muito melhores e talvez por isso eu nunca tenha virado uma Potterhead, eu admiro muito esse universo fantástico mas não sou completamente interessada nele. Eu não sei os nomes dos 40502 personagens que aparecem, não sei mapa dos lugares e não entendo muito como as pessoas são fanáticas por algo que para mim é muito bom, mas que não é uma super revolução de universo fantástico… Enfim, precisava escrever isso para talvez entender que minha resenha não é de fã e sim de uma pessoa que apenas acompanhou os filmes, mas que não vê problema deles terem acabado.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

28 nov 2016 CinemaCríticaFilmesGeekNerdices

Filme: Doutor Estranho

Filme: Doutor Estranho - http://desneurando.com.br

Nota: 4.5 Stars (4,5 / 5)
Título Original: Doctor Strange
Direção: Scott Derrickson
Estrelando: Benedict Cumberbatch, Chiwetel Ejiofor, Tilda Swinton
Gênero: Fantasia, Ação
Classificação: M / 12 anos
Outros dados: USA, 2016, Cores, 1h 55min.
Sinopse: Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) leva uma vida bem sucedida como neurocirurgião. Sua vida muda completamente quando sofre um acidente de carro e fica com as mãos debilitadas. Devido a falhas da medicina tradicional, ele parte para um lugar inesperado em busca de cura e esperança, um misterioso enclave chamado Kamar-Taj, localizado em Katmandu. Lá descobre que o local não é apenas um centro medicinal, mas também a linha de frente contra forças malignas místicas que desejam destruir nossa realidade. Ele passa a treinar e adquire poderes mágicos, mas precisa decidir se vai voltar para sua vida comum ou defender o mundo.

Assisti o filme logo na primeira semana de lançamento, no Imax. Uma tradição que tenho com meu namorado é sempre decidir no começo do ano todos os filmes que a gente não pode perder de jeito nenhum no cinema e quais a gente vai pagar a mais para ver no Imax. Confesso que Doutor Estranho era algo muito diferente para mim, apesar de amar os filmes da Marvel, não estava muito certo se iria gostar de um doutor que ganha super poderes e mais um filme super clichê. Então fui meio que mais para acompanhar meus amigos e levei um belo tapa na cara da Marvel por duvidar deles. Apenas assistam, ele é imperdível no Imax (aquela sala que você paga um rim para entrar e que nunca vale à pena, mas nesse filme vale).

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

12 set 2016 CinemaCríticaFilmesGeekNerdices

Filme: Star Trek – Sem Fronteiras

Filme: Star Trek - Sem Fronteiras - desneurando.com.br

Nota: 5 Stars (5 / 5)
Título Original: Star Trek Beyond
Direção: Justin Lin
Estrelando: Chris Pine, Zachary Quinto, Simon Pegg, Idris Elba
Gênero: Ficção científica, Ação, Aventura
Classificação: M / 12 anos
Outros dados: USA, 2016, Cores, 2h 3min.
Sinopse: Desta vez, Kirk (Chris Pine), Spock (Zachary Quinto) e a tripulação da Enterprise encontram-se no terceiro ano da missão de exploração do espaço prevista para durar cinco anos. Eles recebem um pedido de socorro que acaba os ligando ao maléfico vilão Krall (Idris Elba), um insurgente anti-Frota Estelar interessado em um objeto de posse do líder da nave. A Enterprise é atacada, e eles acabam em um planeta desconhecido, onde o grupo acaba sendo dividido em duplas.

Eu realmente não sei nem por onde começar! O sentimento de nostalgia que esse filme trás é completamente diferente dos 2 primeiros, nesse você realmente sente tudo o que a série clássica Star Trek era. Os personagens, o ambiente, a exploração de novos planetas e até mesmo o aprofundamento das situações realmente remetem à série e se você já assistiu pelo menos um episódio vai sair do cinema com essa sensação de que assistiu um grande episódio clássico e não que é um filme para ganhar dinheiro em cima do que já fez sucesso. É um filme de fã para fã, com muito amor!

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

15 ago 2016 CríticaFilmesNerdices

Filme: Esquadrão Suicida

Filme: Esquadrão Suicida - desneurando.com.br

Nota: 3 Stars (3 / 5)
Título Original: Suicide Squad
Direção: David Ayer
Estrelando: Will Smith, Jared Leto, Margot Robbie
Gênero: Ação , Fantasia
Classificação: M / 12 anos
Outros dados: USA, 2016, Cores, 2h 3min.
Sinopse: Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das “convocadas” por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akin), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar Arlequina.

Mais uma vez demorei para conseguir ir ao cinema, mas fui esse final de semana. A primeira coisa que estranhei era que o cinema estava super vazio, algo bem diferente dos outros filmes que andei postando por aqui. Antes de escrever sobre o filme eu preciso escrever sobre os trailers e a mudança brusca da estética dele. Batman Vs. Superman foi tão criticado que ricocheteou nesse filme e de última hora resolveram mudar completamente o tom dele. De um filme super sério e mais sombrio (como é possível ver no primeiro trailer e nos primeiros pôsters) ele se tornou um filme ultra colorido, até colorido demais, com essa brincadeira de ser estranhamente colorido e divertido. Minha opinião como Designer é que a estética em si foi muuuito interessante, chamou muito mais atenção do que as primeiras versões. Do começo do filme até a metade dele a parte de Design e Lettering é super imperdível para qualquer profissional da área e realmente faz a diferença.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

25 maio 2016 FilmesGeekNerdices

5 filmes para assistir no Dia da Toalha

Hoje é dia 25 de Maio, mais conhecido como Dia da Toalha. Para explicar melhor, no Dia da Toalha nós comemoramos o Dia do Orgulho Nerd! A toalha vem do Guia dos Mochileiros da Galáxia (grande livro) onde eles contam que independente de qualquer coisa “Don’t Panic!”. O melhor objeto que você precisa ter em toda Galáxia é uma toalha, pois ela é essencial e ajuda em diversas ocasiões. Hoje também é comemorado o dia 25 de Maio de 1977, o dia onde estreou o Episódio IV: Uma Nova Esperança do Star Wars. Resumindo, hoje é um dia muito nerd! Para comemorar esse dia tão especial resolvi fazer uma lista com 5 filmes para assistir e comemorar.

1. O Guia do Mochileiro das Galáxias (2005)

1

Baseado no livro de mesmo nome, o filme é essencial para quem não está entendendo nada. Nele você vai conhecer uma das histórias nerds mais clássicas e legais e entender porque o Dia do Orgulho Nerd é chamado de Dia da Toalha. Prepare a pipoca e assista de tarde, é um filme de aventura do começo ao fim!

2. Star Wars IV – Uma nova esperança (1977)

25 de Maio de 1977 estreou o começo de um dos filmes mais nerds de todos os tempos, além de abrir um mundo de infinitas possibilidades e estar já em sua terceira trilogia no cinema, além de ter algumas séries animadas, ter um novo filme que vai estrear no fim do ano e em breve uma cidade inteira no parque da Disney Hollywood.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

06 abr 2016 CinemaCríticaFilmes

Filme: Deadpool

1

Nota: 4.5 Stars (4,5 / 5)
Título Original: Deadpool
Direção: Tim Miller
Estrelando: Ryan Reynolds, Morena Baccarin, Ed Skrein
Gênero: Ação , Aventura , Comédia
Classificação: M/18
Outros dados: USA, 2016, Cores, 1h48min.
Sinopse: Ex-militar e mercenário, Wade Wilson (Ryan Reynolds) é diagnosticado com câncer em estado terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma sinistra experiência científica. Recuperado, com poderes e um incomum senso de humor, ele torna-se Deadpool e busca vingança contra o homem que destruiu sua vida.

Esse é um filme que tinha tudo para dar errado: Ryan Reynolds como ator principal, sendo que seus papéis nerds não agradaram nenhum pouco, principalmente fazendo o próprio Deadpool em uma versão terrível no filme X-men Origins – Wolverine. O filme foi classificado como para maiores de 18 anos, o que deixou todos em dúvida se seria um resultado bom ou não, afinal não existia ainda um bom resultado nessa classificação, ao mesmo tempo que fazer um Deadpool versão menos adulta iria desagradar muito os fãs. O elenco era meio duvidoso, o roteiro parecia não convencer, a Fox deu um baixíssimo orçamento para fazerem o filme, principalmente depois do fiasco que foi o último Quarteto Fantástico, ninguém sabia o que esperar. Essa seria uma fórmula completa de como ferrar tudo em um filme e o resultado foi: um dos melhores filmes de super-heróis (ou anti-herói no caso) que já assisti na minha vida.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

12