Posts escritos por: Mayara Anjos

07 out 2015 DesignFreelancerPessoal

10 lições que aprendi sendo freelancer

Desneurando
Ano passado, depois de ser demitida de uma empresa que gostaria nunca ter trabalhado por não valorizarem (para variar) minha função de Web Designer, resolvi que iria virar freelancer. TODAS as minhas experiências de estágio à emprego CLT foram traumatizantes: Desvalorização, alta carga de trabalho, você sempre será o culpado, salário muito baixo, falta de plano de carreira e entre diversas outras questões que nem deveriam entrar por aqui. Pensei muito e cheguei à conclusão de que o salário que me matava para acordar 5h da manhã, pegar condução lotada, chegar e estar lotada de trabalho, pressão para terminar tudo pra “ontem”, entre outras coisas, eu poderia ganhar no conforto da minha casa e com muito menos stress. Agora já faz um ano que trabalho oficialmente como freelancer em tempo integral, e quero compartilhar com vocês 10 lições que aprendi sendo freelancer em home-office.

1. A maioria das pessoas acham que você não trabalha ou ganha dinheiro fácil
A realidade é dura para diversos empregos, não são todos que possuem a oportunidade de poder trabalhar no conforto de sua casa. E por isso mesmo as pessoas, principalmente as mais velhas, não entendem que você trabalhar em casa realmente seja TRABALHAR em casa. Muitos acham que você faz uma coisinha aqui e ali e ganha um dinheirinho. Outros acham que você vive às custas dos seus pais e te aconselham a “procurar um emprego de verdade”. Eu trabalho em casa, acordo 10h e ganho mais dinheiro que vocês #AceitaQueDóiMenos rs

2. No começo pode ser difícil ganhar dinheiro
Ser freelancer é você ser rico e pobre ao mesmo tempo. Teve meses que ganhei o triplo do que ganhava em agência e teve meses que não ganhei nada. Isso mesmo, NADA. É necessário ser bom de conta e guardar o dinheiro para caso você passe por algum mês que não consiga fechar nenhum freela. Precisa ser organizado financeiramente e essa é a única questão que eu odeio trabalhar como freelancer, essa falta de estabilidade financeira. Ainda estou progredindo e melhorando para fechar trabalhos mensais.

3. Organização de tempo é fundamental
Não entendia porque a maioria das empresas bloqueavam um monte de sites e não viam com bons olhos mexer no whatsapp. A questão é que essas coisas acabam te distraindo e o que poderia ser feito em uma hora acaba sendo feito em duas, três… Trabalhar em casa significa que ninguém te vigia e por isso mesmo você precisa controlar o seu horário de trabalho, as tarefas do dia, problemas que podem surgir do nada, tempo para descanso também, claro.

4. Sua qualidade de vida aumenta muito
Estar no escritório de seg. a sex., das 9h às 18h, não é algo mais que entra na minha mente. Eu acordo 10h, faço minhas coisas, depois começo a trabalhar. Fico o dia inteiro no whatsapp, escutando música ou vendo vídeos no Youtube ao mesmo tempo que trabalho. Quando sinto que o freela não tá rolando eu paro, assisto algo no Netflix, descanso. Sexta-feira não existe mais trabalho, é o dia que saio com meu namorado e isso não tem preço.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

29 set 2015 Crítica

Tree Change Dolls e a beleza natural

13

Você já parou para analisar como são as bonecas feitas para as crianças? Super maquiadas, com cabelo liso, bocas enormes, corpo magro, peitão, bundão. Roupas da última moda, super caras e com sapatos com plataformas enormes, sem contar nos acessórios: brilhos, bolsas caras, celulares, óculos e até mini cartões de crédito.

Uma mãe australiana ficou preocupada com a quantidade absurda de informações que são vistas nessas bonecas e por possuir uma filha pequena, ela decidiu que sua filha não iria mais brincar com isso. Mas como negar algo para uma criança, enquanto todas as outras possuem e somente ela não? Então Sonia Singh, a mãe, tentou algo diferente.

Ela pegou uma acetona e passou pelo rosto de uma boneca Bratz. Percebeu que saía toda a maquiagem e que por trás existia todo um rosto pronto para ser refeito. Pintou um novo rosto por cima da boneca. Começou a tirar as roupas e plataformas e começou a costurar e tricotar roupas. Tirou os longos apliques e cabelos enormes e colocou pequenos cabelos iguais de criança e o resultado é, sem dúvida, de tirar o fôlego!

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

26 set 2015 CinemaCrítica

Filme: Que horas ela volta?

1

Nota: 4.5 Stars (4,5 / 5)
Título Original: Que horas ela volta?
Direção: Anna Muylaert
Estrelando: Regina Casé, Camila Márdila, Michel Joelsas
Gênero: Drama
Classificação: M/12
Outros dados: BR, 2015, Cores, 1h51min.
Sinopse: A pernambucana Val (Regina Casé) se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

16 set 2015 CinemaCríticaFilmesNetflix

Filme: O Jogo da Imitação

sd

Nota: 3 Stars (3 / 5)
Título Original: The Imitation Game
Direção: Morten Tyldum
Estrelando: Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Goode
Gênero: Drama, Thriller
Classificação: M/12
Outros dados: GB/EUA, 2014, Cores, 114 min.
Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas. Entretanto, para que o projeto dê certo, Turing terá que aprender a trabalhar em equipe e tem Joan Clarke (Keira Knightley) sua grande incentivadora.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

14 set 2015 CinemaFilmes

5 filmes antigos que eu amo

1. Bonequinha de Luxo (1961)

Um dos meus filmes favoritos de todos os tempos. Para muitos pode não ter significado algum, mas para quem entende o contexto da época sabe que foi um filme revolucionário sem precisar de qualquer efeito especial. O roteiro do filme é incrível e a atuação da Audrey Hepburn é impecável. Eu amo a ironia do filme!

2. Clube dos Cinco (1985)

Quem já passou da adolescência faz um tempo começa a sentir uma certa nostalgia dessa época. Tudo era tão intenso, nossos pais eram os grandes vilões, o colégio era praticamente nossa vida e ficar de castigo a pior coisa do mundo. Eu amo sentir a nostalgia da minha adolescência assistindo Clube dos Cinco.

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

10 set 2015 Fotografia

Padrões de beleza pelo mundo

Você já parou para pensar que o “padrão de beleza” é diferente em cada país? A cultura interfere muito naquilo que é considerado o corpo “perfeito”. O serviço médico britânico Superdrug Online Doctor fez uma pesquisa com o corpo de uma única mulher baseado nas preferências de beleza de 18 países diferentes ao redor do mundo. Eles utilizaram uma foto e a partir das preferências de cada país foram moldando o corpo da modelo para mostrar essa diferença.

Eu acredito que “padrões de beleza” são as piores coisas que já criaram, para mim gosto não se discute. Milhares de pessoas vivem odiando seu corpo por não se encaixarem em determinados padrões. Para vocês verem o quanto a maioria dos padrões podem ser diferentes, aqui está o resultado:

Fotos transformadas nos padrões

1

Continue lendo

escrito com amor e carinho por

09 set 2015 DesneurandoNovidades

Tudo tem um começo…

É com muita alegria que volto ao mundo blogueiro. Depois de anos me dedicando aos estudos e ao trabalho, posso finalmente voltar com calma e tempo para blogar. Para quem não sabe, sou blogueira desde os 13 anos de idade. Hoje possuo 23, o que seriam quase 10 anos dentro desse mundo. Mas tive muitos altos e baixos, problemas e mudanças que me fizeram desistir muitas vezes de vários blogs. Então agora que me formei e trabalho em casa, tenho muito tempo livre e sinto muita falta de blogar. Eis que resolvi voltar com o blog que mais amei, o que mais achei a minha cara e nunca me esqueci dele: Desneurando.

A ideia do blog é de escrever sobre tudo o que amo, um lugar para se desestressar. Então a partir de hoje, corto a faixa vermelha, abro o blog novamente e prometo para mim mesma e para leitores e amigos, que não irei abandonar o blog e que esse será o meu grande hobbie da vida. Mas a grande proposta do blog é ser o que o próprio nome diz: DESNEURANDO. Vivemos cheios de neuras e problemas e gostaria de trazer conteúdos que fossem voltados para tirar a neura! Textos, imagens, produtos, conteúdos que possam melhorar nossa auto-estima e aceitação.Preparados para um blog cheio de conteúdo? Então lá vamos nós!

escrito com amor e carinho por

1456