12/09/2016

Filme: Star Trek – Sem Fronteiras

Cinema Crítica Filmes Geek Nerdices

Filme: Star Trek - Sem Fronteiras - desneurando.com.br

Nota: 5 Stars (5 / 5)
Título Original: Star Trek Beyond
Direção: Justin Lin
Estrelando: Chris Pine, Zachary Quinto, Simon Pegg, Idris Elba
Gênero: Ficção científica, Ação, Aventura
Classificação: M / 12 anos
Outros dados: USA, 2016, Cores, 2h 3min.
Sinopse: Desta vez, Kirk (Chris Pine), Spock (Zachary Quinto) e a tripulação da Enterprise encontram-se no terceiro ano da missão de exploração do espaço prevista para durar cinco anos. Eles recebem um pedido de socorro que acaba os ligando ao maléfico vilão Krall (Idris Elba), um insurgente anti-Frota Estelar interessado em um objeto de posse do líder da nave. A Enterprise é atacada, e eles acabam em um planeta desconhecido, onde o grupo acaba sendo dividido em duplas.

Eu realmente não sei nem por onde começar! O sentimento de nostalgia que esse filme trás é completamente diferente dos 2 primeiros, nesse você realmente sente tudo o que a série clássica Star Trek era. Os personagens, o ambiente, a exploração de novos planetas e até mesmo o aprofundamento das situações realmente remetem à série e se você já assistiu pelo menos um episódio vai sair do cinema com essa sensação de que assistiu um grande episódio clássico e não que é um filme para ganhar dinheiro em cima do que já fez sucesso. É um filme de fã para fã, com muito amor!

Leia o post completo

Você também pode gostar desses

12/09/2016

Ilustração: Pokémons na vida real

Geek Ilustração Inspirações

♫ Eu volteeei, e agora pra ficar. Porque aqui, aqui é meu lugar! ♪

Eu voltei. Não sei vocês, mas quando não tenho o que escrever prefiro dar uma pausa do que postar qualquer coisa! Mas volto cheia de novidades e uma bagagem boa para deixar aqui no blog. Então, vamos ao post. Você já imaginou como seria se os Pokémons ganhassem vida humana? O ilustrador sul-coreano Tamtamndi imaginou! Você confere aqui uma amostra das incríveis ilustrações dele, mas pode conferir também no Deviantart todas as ilustrações que ele já fez.

Ilustração: Pokémons na vida real - desneurando.com.br

Ilustração: Pokémons na vida real - desneurando.com.br

Ilustração: Pokémons na vida real - desneurando.com.br

Ilustração: Pokémons na vida real - desneurando.com.br

Leia o post completo

Você também pode gostar desses

15/08/2016

Filme: Esquadrão Suicida

Crítica Filmes Nerdices

Filme: Esquadrão Suicida - desneurando.com.br

Nota: 3 Stars (3 / 5)
Título Original: Suicide Squad
Direção: David Ayer
Estrelando: Will Smith, Jared Leto, Margot Robbie
Gênero: Ação , Fantasia
Classificação: M / 12 anos
Outros dados: USA, 2016, Cores, 2h 3min.
Sinopse: Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das “convocadas” por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akin), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar Arlequina.

Mais uma vez demorei para conseguir ir ao cinema, mas fui esse final de semana. A primeira coisa que estranhei era que o cinema estava super vazio, algo bem diferente dos outros filmes que andei postando por aqui. Antes de escrever sobre o filme eu preciso escrever sobre os trailers e a mudança brusca da estética dele. Batman Vs. Superman foi tão criticado que ricocheteou nesse filme e de última hora resolveram mudar completamente o tom dele. De um filme super sério e mais sombrio (como é possível ver no primeiro trailer e nos primeiros pôsters) ele se tornou um filme ultra colorido, até colorido demais, com essa brincadeira de ser estranhamente colorido e divertido. Minha opinião como Designer é que a estética em si foi muuuito interessante, chamou muito mais atenção do que as primeiras versões. Do começo do filme até a metade dele a parte de Design e Lettering é super imperdível para qualquer profissional da área e realmente faz a diferença.

Leia o post completo

Você também pode gostar desses