25/07/2016

App: Prisma

Aplicativo Tecnologia Tendência

Você já deve ter reparado que nesse último mês as pessoas andam meio artísticas no Instagram? Pois não é para menos, caiu nas mãos do povo um aplicativo que faz qualquer mortal ter o seu momento de Van Gogh. O Prisma é um aplicativo bem fácil de ser usado e que não precisa de um longo tutorial para você aprender a mexer nas ferramentas. Ele é bem intuitivo e mesmo sem saber nada você já entende como tudo funciona.

Resumidamente o aplicativo transforma qualquer foto sua em uma foto mais artística, onde você pode escolher entre diversos filtros qual estilo terá sua obra-prima. Existem estilos clássicos como pincéis e lápis, estilos HQ’s e mais Artpops e também algumas pinturas famosas, como O Grito. Ele possui um bom catálogo para você poder brincar por dias e fazer várias fotos sem enjoar. Depois do filtro escolhido é só você baixar ou já mandar diretamente para publicar no Instagram ou Facebook. Tudo é muito prático e fácil…

Eu acredito que o grande problema do aplicativo seja que ele não é tão bom assim com selfies ou fotos de pessoas num geral. As fotos ficam com muita cara de um aplicativo whatever mal feito de fotos, sabe? O grande triunfo deles são fotos de paisagens e fotos de objetos, que ficam inacreditavelmente lindas com os filtros! Agora se o Instagram deixar de ser bobo e fazer alguns filtros extras que façam o mesmo com certeza o aplicativo morre rapidinho. Por enquanto, ele é a grande bola da vez, sendo chamado por muitos sites como um dos aplicativos de imagens indispensáveis de se ter.

Você também pode gostar desses

08/07/2016

Trabalhar fora x Trabalhar em casa 2

Design Freelancer Pessoal
Imagem: Tumblr

Imagem: PicJumbo

Há quase um mês atrás eu consegui uma vaga dos sonhos e sou Web Designer em uma Fundação Infanto-juvenil que é super legal e luta por boas causas. Porém decidi reabrir o debate sobre qual é o melhor estilo de trabalho depois de perceber algumas coisinhas. Para quem não sabe, ano passado fiz um post no blog quando eu era freelancer integral e trabalhava estilo home-office. Agora que voltei a ser CLT, posso dar um ponto de vista melhor para ambos os lados:

1. Muitos Benefícios x Se vira
Se você conseguir entrar em uma empresa de médio a grande porte com certeza irá receber benefícios junto com seu salário. Eu estou apaixonada pelos meus benefícios que vão de vale refeição, vale alimentação, vale transporte, assistência médica e diversas empresas que dão descontos para os colaboradores da empresa, como faculdades, escolas, auto escolas, escolas de inglês, academias e afins. Nessa parte sem dúvida ser CLT compensa muito mais do que ser freelancer, pois estava preocupada de não ter plano de saúde e gastava um bom dinheiro com alimentação e transporte, tudo do meu bolso, o que diminuía ainda mais o valor final que eu ganhava.

2. Morar no trabalho x Trabalhar longe
Acho que única coisa ruim que tenho para reclamar da empresa até agora é que ela é muito longe da minha casa. Eu entro 9h e preciso acordar às 6h para dar tempo de sair, pegar um busão loongo, do ponto do terminal até o ponto final e andar mais 20min a pé para chegar no trabalho. Na volta a mesma coisa e percebo que isso tem sido bastante cansativo, eu chego em casa e já quero dormir, de tão pesada que é a rotina de quase 4h de busão ida e volta. Sem contar que tenho labirintite e por isso fico dependente do Dramin para não passar mal no busão, então obviamente trabalhar em casa é muito melhor nesse sentido, você não fica dependendo de transporte público ou trânsito para chegar.

3. Salário bom x Dinheiro pingado
Saber que todo mês você irá receber a mesma quantia dá uma boa segurança, você consegue planejar uma vida, guardar dinheiro, investir e até mesmo comprar algumas coisas que você tanto queria. O CLT também é melhor nesse sentido, porque como freelancer sofri muito porque nunca sabia quanto iria ganhar naquele mês e consequentemente não conseguia planejar nada ou comprar algo que já poderia comprometer todo o meu orçamento. Mesmo que o pior aconteça e você seja demitido você ainda ganha um valor pela demissão e tenta um seguro desemprego enquanto procura um novo. Como freelancer você praticamente vive cada dia de uma vez, sem certeza de nada, muitos clientes somem sem nem dar uma satisfação e você precisa de muitos desdobramentos para fechar o orçamento sem dever nada.

4. Tempo para diversão x Viagem no espaço
Uma coisa muito louca que anda acontecendo é que parece aquele filme Interstelar, os dias passam muito rápido e eu não sinto. Eu chego na empresa e quando vejo já deu a hora do almoço, depois volto e já deu a hora de ir embora! Isso é muito louco, porque parece que o tempo passa muito mais rápido, mas ao mesmo tempo eu também fico com a sensação de que os dias estão passando e eu não tenho feito praticamente nada para melhorar, para me divertir ou algo assim. Parece que a gente vive no automático de segunda a sexta e sobre o final de semana para você fazer tudo aquilo o que queria, o que nem sempre dá tempo…

Leia o post completo

Você também pode gostar desses

27/06/2016

A culpa é de quem?

Crítica Desabafo Textão
Imagem: Tumblr

Imagem: Tumblr

Eu ando fazendo posts meio polêmicos, eu sei. Mas acontece que não consigo ficar apática com certas situações que andam acontecendo no dia-a-dia. Eu não sei bem se é porque cresci e comecei a acompanhar mais as notícias ou se os anos passam e o mundo só piora, mas o que eu sei é que em toda a minha vida essa está sendo a época onde eu estou ficando mais revoltada com a falta de bom senso da humanidade. Eu tentei deixar passar o máximo que eu pude sobre o assunto, mas vamos combinar, somente nesse semestre três animais já foram cruelmente abatidos para proteger o ser humano, o coitadinho do mundo. Eu escrevo meio revoltada mesmo, porque estou cansada de ler e ouvir que tudo é uma tragédia, que nada poderia ter sido feito. Tragédias acontecem, mas em grande parte a culpa é da humanidade sim e o “acaso” que muitos insistem em culpar não pode ser sempre considerado, afinal se está acontecendo constantemente não é mais uma tragédia e sim um problema a ser resolvido. As histórias mais recentes mostram o que gostaria de debater: um leão dilascerando uma criança que colocou o braço na jaula, um gorila que foi morto para proteger uma criança que caiu na jaula, uma onça que “participou” do carregamento da tocha olímpica e foi abatida por apresentar ameaça aos participantes, entre outras notícias constantes que andam acontecendo.

Em um zoológico dos Estados Unidos um menino pequeno caiu dentro do “habitat” dos gorilas, causando muita confusão. Eu entendo o pânico das pessoas, tentando tirar o menino de lá e assustadas que um gorila enorme estava com ele. Mas acontece que infelizmente em vez de ajudar, as pessoas só pioraram a situação. Gritando e se desesperando, o gorila que não estava fazendo nada começou a se assustar e tentar proteger o menino. O resultado foi sim uma tragédia: o gorila sempre que escutava a gritaria arrastava o menino pelo córrego tentando afastar ele dessa confusão. O final todo mundo sabe, atiraram no gorila, matando ele e salvando o menino. Tudo bem, em uma situação de risco eu até entendo que antes o animal do que seu filho, mas vamos por partes: zoológicos já são uma tragédia por si só, com ambientes despreparados, mal feitos e sem segurança, fazendo com que pessoas possam cair no habitat e funcionários despreparados só pioram a situação…

Leia o post completo

Você também pode gostar desses